Versão OriginalMenu
Midiamax | sexta, 26 de junho de 2020 - 15h00

Pandemia favorece quem tem mandato e prejudica quem quer entrar na política, diz presidente do PP

Evander Vendramini opina que eleição deveria ser remarcada para 2021

A pandemia do coronavírus e a indecisão sobre o adiamento das eleições, que foi determinado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mudar o primeiro turno de outubro para novembro, mas precisa passar por votação, tem atrapalhado na campanha de candidatos que não são conhecidos pela população, conforme avalia o presidente regional do PP e deputado estadual, Evander Vendramini. 

De acordo com Vendramini, as reuniões presenciais estão canceladas, mas para quem tem mandato, o contato com a população fica mais fácil. “A indefinição do Congresso Nacional sobre o adiamento das eleições atrapalha o período de pré-campanha e quanto mais postergar isso, mais prejudica as eleições”.

O presidente regional falou ainda que para o eleitorado, é difícil escolher os candidatos, sem que eles possam debater. “É preciso conversar com as pessoas e não tem como fazer reuniões. Estamos fazendo online, mas a campanha de vereadores prejudica, favorece quem tem mandato, mas prejudica quem quer entrar na política”.

SAIBA MAIS  

Assembleia de MS exonera ex-vereador e nomeia o filho na mesma vaga

20h02 - 24/06/2020  

Marquinhos diz que aumento de casos impede retorno de escolas particulares em 1º de julho

17h22 - 24/06/2020  

CCJR aprova que Reinaldo abra crédito sem aval de deputados e projeto vai a plenário

16h51 - 24/06/2020  

Prazos eleitorais são mantidos, mesmo com PEC que adia Eleições 2020

15h45 - 24/06/2020

Na opinião do deputado, as eleições poderiam ser definidas para o início do próximo ano. “Isso daria segurança para os eleitores, porque muita gente pode deixar de ir votar e não opinar a respeito dos candidatos”. 

Pré-candidatos

O PP já tem 16 pré-candidatos a prefeitos em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, será o ex-presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento.

Em Dourados, o nome é de Alan Guedes; Coxim é Serginho Bombeiro;  Aquidauana, Joaquim Passos; Costa Rica, Dr. Cleverson; Paraíso das Águas, Jurandir Tozzo; Aparecida do Taboado, José Lima; Bela Vista, Douglas Gomes; Rio Negro, vereador Doutor Amorim; Pedro Gomes, Sebastião Paraguaio;  Iguatemi, Lídio Ledesma; Juti, Adriano Passarelli;  Miranda, Cido Zero Hora; Nova Alvorada do Sul, Patrícia Psicóloga;  Terenos, Vereador Saci; Ladário, Osvaldir Nunes.

Vereadores

Evander Vendramini explicou que o PP vai lançar candidatos a vereança em pelo menos 45 municípios em um total aproximado de 600 nomes. “Evidentemente todos deverão passar e terem seus nomes aprovados nas convenções municipais”.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews