Versão OriginalMenu
Midiamax | sexta, 26 de junho de 2020 - 14h55

Polícia Federal prende líder de facção criminosa que agia na fronteira

Preso era um dos responsáveis pela destinação do dinheiro arrecadado com as atividades ilegais da facção e estava foragido

A Polícia Federal prendeu, na manhã de quinta-feira (25), em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai,  um criminoso foragido da Operação Cravada (ocorrida em agosto de 2019 e que desarticulou o núcleo Financeiro de facção criminosa com atuação nacional).

O preso era um dos líderes do grupo e tinha poder de decisão sobre a destinação dos valores arrecadados nacionalmente pela quadrilha através do método que ficou conhecido como “Rifa”.

Além do cumprimento do mandado de prisão preventiva, que estava em aberto,  o foragido também foi preso em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo por agentes federais de Cascavel/PR, Naviraí/MS e Ponta Porã/MS participaram da ação.

SAIBA MAIS  

Crédito em maio para agro cai 0,6%; para indústria, sobe 1,3%, diz BC

12h26 - 26/06/2020  

Prefeitura de Campo Grande convoca 35 médicos inscritos no cadastro temporário

12h18 - 26/06/2020  

Empresa terá 18 meses para construir prédio da clínica de atendimento no CRAS

12h14 - 26/06/2020  

Lacombe pede demissão da Band após intervenção em programa

12h10 - 26/06/2020

A operação realizada na manhã de quinta-feira (25), foi batizada de Exílio em razão da descoberta de que indivíduos foragidos e vinculados ao PCC teriam buscado abrigo na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, se passando por empresários mediante uso de documentos falsos e realizando atividades delituosas.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews